Educação

Mais detalhes

Educação

O Eldorado busca promover a educação, a capacitação e a inclusão através de cursos gratuitos na área de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação), para pessoas acima de 18 anos. Queremos que nossos alunos se sintam desafiados a desenvolver suas habilidades e, a partir delas, pensar em soluções em TI.

Nossa Expertise

Apresentação

O Departamento de Educação do Eldorado foi criado no ano 1999, iniciando suas atividades conjuntamente ao estabelecimento do Instituto como um todo, conquistando números de destaque em diferentes projetos de capacitação profissional na área de Tecnologia da Informação.

Desde 1999, cerca de 11.900 alunos foram treinados em vários temas na área de Tecnologia da Informação e Comunicação, como projetos de circuitos integrados, aceitabilidade de montagens eletrônicas, banco de dados e sistemas computacionais, dentre outros temas, distribuídos em 12 projetos educacionais, em parceria com empresas.

Em sua grande maioria, estes projetos educacionais foram implementados em parceria com mais de 15 universidades brasileiras, incluindo a criação de laboratórios de otimização e infraestrutura.

Os sites dedicados para inscrição em projetos de educação continuada atingiram mais de 48 mil alunos interessados. Destes, 25.800 estudantes acessaram os cursos em modalidade e-learning em temas de TIC.  Desde 2009, mais de 1.500 alunos aderiram a cursos com metodologia baseada em atividades síncronas e assíncronas de ensino à distância.

Na capacitação de pessoas com deficiência (PcDs), foram mais de 22 turmas com diferentes deficiências – física, visual, auditiva e cognitiva, com 311 alunos formados em temas de TIC.

Confira nesta página alguns dos programas conduzidos pelo Eldorado através de seu Departamento de Educação e Inovação.

Capacitação Profissional Tecnológica

Em parcerias com empresas, instituições de ensino e governo, desenhamos, executamos e gerenciamos projetos de capacitação profissional tecnológica com características de:

  • Atendimento à demanda de mercado
  • Complementação de formação acadêmica
  • Imersão em novas tecnologias
  • Reciclagem de pessoal

Já capacitamos mais de dez mil pessoas. Veja nossos casos de sucesso:

Programa de Capacitação Tecnológica Motorola

  • Mais de 6.700 alunos formados em cursos presenciais em universidades de todo o Brasil;
  • 357 professores;
  • Criação de novos laboratórios e infraestrutura;
  • Desenvolvimento de materiais educativos;
  • Complementação de bibliotecas;
  • Investimentos de R$ 22 milhões

Programa de Capacitação Tecnológica Celestica

  • Cerca de 700 profissionais treinados na aceitabilidade de montagens eletrônicas
  • 65 treinamentos realizados
  • 2200 horas de formação
  • Laboratórios no próprio Eldorado
  • Investimento: R$ 1 milhão

Programa Nacional de Microeletrônica

Programa conduzido com apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, aplicado para a formação de projetistas de circuitos integrados, aplicado na Motorola.

  • 3 turmas treinadas
  • Total de 48 designers de circuitos integrados analógicos e digitais
  • 400 horas de treinamento aplicadas em cada classe
  • Processo de seleção com 600 candidatos
  • Investimento: R$ 3 milhões
Oficina do Futuro

O Brasil, hoje inserido no mercado mundial de tecnologia de forma bastante acentuada, disputa posições de trabalho com países emergentes como Índia, China e Rússia. Considerando-se que o conhecimento não tem fronteiras, torna-se fundamental a disseminação de tecnologia de ponta e a capacitação competitiva para o posicionamento do profissional brasileiro nesse mundo globalizado.

O OFICINA DO FUTURO é um programa composto por projetos de capacitação realizados em parceria com empresas de Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) e Instituições de Ensino e visa à capacitação profissional de pessoas de nível médio e superior na área de sistemas da informação, de forma a prepará-las para aproveitar as oportunidades identificadas no posicionamento estratégico do Brasil no cenário tecnológico mundial.

O programa OFICINA DO FUTURO engloba capacitações com cursos modulares de forma presencial e remota, com as mais modernas técnicas de mercado e acesso a laboratórios sofisticados, preparados para suportar as tecnologias envolvidas e com acessibilidade para pessoas com deficiência.

O programa OFICINA DO FUTURO disponibiliza cursos gratuitos, com duração média de um mês e meio cada nas modalidades presenciais e EaD. Os cursos presenciais são realizados nas instalações do Instituto de Pesquisas Eldorado, em Campinas – SP.

Para conhecer mais sobre o projeto, acesse http://www.oficinadofuturo.org.br

Oficina PcD – A Competência Faz a Diferença

Criada em 2007, o Oficina do Futuro PcD é uma iniciativa do Instituto de Pesquisas Eldorado, em parceria com empresas e instituições ligadas à temática das PcD que acreditam no potencial das pessoas com deficiência e na sua integração no mercado brasileiro de tecnologia da informação e comunicação.

Centenas de pessoas já passaram pelas atividades de capacitação técnica e comportamentais compatíveis com as exigências do mercado. As atividades são gratuitas para os participantes.

Objetivos

Aumentar a quantidade de pessoas com deficiência (PcDs) capacitadas em assuntos técnicos, complementados por tópicos comportamentais em meio corporativo, para que possam aproveitar as oportunidades oferecidas pelo mercado de trabalho.

Público Alvo

O projeto destina-se a pessoas com deficiência com, no mínimo, 18 anos de idade, que tenham conhecimento prévio em informática e disponibilidade para participar dos cursos presenciais programados.

Dinâmica

A inscrição é a porta de entrada para o processo de seleção de candidatos às atividades de capacitação do Projeto Oficina do Futuro PcD. Como parte do processo de seleção, os candidatos serão convidados para uma entrevista pessoal.

Os candidatos selecionados serão convidados para participar das atividades de capacitação programadas.

Para conhecer mais sobre o projeto, os cursos em andamento e informações sobre a inscrição, acesse a página da Oficina.

DNA Tec

Nascido em 2011, o projeto DNA Tec é uma iniciativa pioneira do Instituto de Pesquisas Eldorado com objetivo de capacitação profissional de estudantes para oportunidades de trabalho nas carreiras de Tecnologia da Informação (TI). O projeto focou em estudantes do ensino médio técnico e superior dos cursos da área de Ciências Exatas.

As atividades de capacitação foram gratuitas com aulas teóricas e práticas relacionadas às carreiras em TI, proporcionando ao aluno a visão de soluções e entendimento prático com respeito às plataformas C#, C++, Java, Telecom e Android para aplicações em dispositivos como celulares e tablets

  • 900 inscritos
  • 1700 participantes do Ensino à Distância sobre Lógica de Programação e Orientação a Objeto
  • 307 concluintes do curso EAD participantes do processo seletivo para os cursos presenciais 66 alunos concluintes dos cursos presenciais C++ Java, C# e Telecom
  • 34 alunos ingressantes no curso Android Básico

Os instrutores dos cursos são profissionais do Eldorado, com qualificação em suas respectivas áreas de competência, que se preocuparam em adequar o material e ministrar as aulas com foco nas necessidades reais do mercado de tecnologia. O diferencial desse projeto é o seu foco na formação de profissionais, considerando que o mercado de tecnologia possui escassez de mão-de-obra qualificada. Os alunos capacitados poderão, então, ser absorvidos para o Eldorado e pelo mercado em geral.

O DNA Tec foi também um excelente movimento de plano de carreira no Eldorado, pois gerou satisfação aos profissionais envolvidos. Eles puderam desempenhar outras atividades para além de sua área técnica, o que representa um grande cenário de oportunidades.

Para conhecer mais sobre o projeto, acesse http://www.dnatec.org.br/

Capital TI

Realizado em 2013, destinado a jovens profissionais e estudantes de ensino técnico e superior em Brasília, com aproximadamente 700 inscritos e 519 alunos, o Capital TI foi um programa de capacitação inteiramente gratuito na área de tecnologia da informação que abordou temas como lógica de programação, Java, C#, C++, Android, Windows 8 e Windows Phone, em suas fases online e presencial na unidade de Brasília. Todos os módulos foram ministrados por profissionais do próprio Eldorado, que é referência na área de pesquisa e desenvolvimento na área de TI e Telecom.

Em sua fase à distância, com carga de 15 horas, que os alunos estudaram Lógica de Programação e Orientação a Objetos. “O objetivo desta fase é nivelar os alunos para atender à segunda parte do curso, aí sim, presencial e também gratuita”, conta Luis Rogério Almeida, gerente de Educação do Eldorado.

Na segunda fase, os mais de 50 alunos aprovados frequentaram os cursos presenciais na unidade de Brasília do Eldorado por aproximadamente 2 meses, em módulos de 36 horas dedicados às plataformas C #, C ++ , Java, Android, Windows 8 e Windows Phone. “O grande diferencial do curso, para os jovens, é o convívio com questões que só acontecem dentro do ambiente de uma empresa. Além disso, alguns dos temas abordados, como o sistema operacional Android, ainda nem fazem parte da grade curricular dos cursos de tecnologia da informação”, argumenta Luis Rogério Almeida.

Techbox

O projeto TechBox busca levar a experiência da empresa para dentro da universidade, complementando a formação dos alunos com temas correntes do mundo de TI, destinando-se às escolas técnicas e universidades que possuam cursos da área de Ciências Exatas, em especial processamento de dados, ciências da computação e análise de sistemas.

Seu objetivo é levar ao aluno linguagens e práticas de desenvolvimento de software presentes no mercado de trabalho em TI e que ainda não fazem parte do currículo das escolas técnicas e universidades. O TechBox é um projeto que pode ser replicado em instituições de ensino técnico e superior. O aluno pode se beneficiar especialmente com o modelo de financiamento através da Lei de Informática em parceria com empresas da área de TI.

O TechBox contempla temas que ainda não são abordados pela grade curricular dos cursos de graduação, como, por exemplo, Linux e metodologias de desenvolvimento de software, Android, entre outros.

Diferenciais

  • Projetos em capacitação tecnológica
  • Estímulo à inovação
  • Educação com responsabilidade social
  • Integração entre empresa e universidade
  • Instituto reconhecido pelo CATI para receber recursos e desenvolver projetos pela Lei de Informática